Decoração em Série: Unbreakable Kimmy Schmidt

Há pouco mais de um mês a Netflix lançou mais uma de suas séries exclusivas, com criação de Tina Fey, que eu a-do-ro, e Robert Carlock. Em Unbreakable Kimmy Schmidt a protagonista – Kimmy, claro – é lançada ao mundo atual depois de ter sido mantida refém por 15 anos por um líder religioso que convenceu a ela e mais três mulheres de que o mundo teria acabado e eles eram os últimos sobreviventes. Depois de uma entrevista para um programa de um canal de NY, Kimmy decide que não vai voltar para a sua cidade natal e resolve tentar a vida na cidade grande.

Já no seu primeiro dia, Kimmy consegue um emprego como babá na casa da milionária Jacqueline Voorhees (Jena Krakowski) e um um apartamento na “parte pobre” de Nova York dividido com Titus ( Tituss Burgess). A série tem um enredo que poderia ir pelo lado tenso, mas com o dedo de Tina Fey, ela segue com um humor leve e, muitas vezes, bem sem noção, mas que a gente não questiona porque a série é ótima. A trama tende a se passar, em sua maior parte, divida entre dois ambientes dos quais eu caí de amores.

O apartamento de Kimmy e Titus é totalmente kitsch, o que combina totalmente com a personalidade dos dois. Nele você encontra vários itens que, com certeza, você já viu na casa da sua avó há uns 15, 20 anos. Tons de verde e roxo são vistos nas paredes e nos móveis, com cortinas brilhosas, estantes modulares e ilustrações lindas espalhadas pelos cômodos. Não sei se conseguiria morar nele, mas não tenho vontade de mudar absolutamente nada lá. De tudo, o que mais gostei foi o sofá e a parede de tijolo aparente azul da cozinha.

Já a casa da Ms. Voorhees é chique e moderno. Dá pra ver que é uma casa totalmente planejada e decorada a dedo. Cada espaço dela foi pensado e aproveitado e é até difícil escolher qual o seu cômodo preferido. A cozinha é o sonho de qualquer pessoa que gosta de cozinhar – e de comer -, com direito a portas de vidro que dão direto para um espaço externo que eu já me imagino morando lá e dando festinhas. Por mais difícil que seja, o meu cantinho preferido é uma mesa acoplada à escada, com sofá integrado e cadeiras com pés palito, que além de lindo, parece bem íntimo.

Pra quem ainda não viu a série e não lembrou de nenhum dos itens que eu falei, selecionei um monte de foto desses ambientes pra vocês babarem junto comigo. De já, fica a dica pra assistir a série, que lançou os 13 episódios da 1ª temporada de uma vez, então você não tem que ficar esperando uma semana pra ver o próximo.

Cadeira Cortina Cozinha Kimmy DIY Parede Quarto Kimmy Sala Sofá Aparador Tijolo aparente azul

Bancada cozinha Escada Cozinha cozinha vidros Biblioteca

Desafio dos Criativos – a execução

IMG_6838

Hoje de meio dia as criativas se reuniram no Ateliê Craft Decor pra botar a mão na massa e colocar o desafio pra frente. Dani e Pri preparam tudo com o maior carinho, com ajuda e material de apoio a nossa disposição e uma mesa de guloseimas com uma torta deliciosa! Eu já tinha dado uma olhadinha nos móveis desde o dia do sorteio e já tinha uma noção de quais gostaria de usar, mas na hora H eu vi tanta coisa linda ali, que fiquei nervosa e indecisa, sem saber por onde começar.

Quem me conhece um tiquinho que seja, sabe que eu tava desejando tirar o tema retrô (a cara do blog), né? Mas eu fiquei feliz com meu sorteio, pois como eu só tenho Laura de filha – e sem previsão pra ter outro(a) -, pude brincar de ser “mãe de menino” um pouco. As paredes já foram pré-escolhidas pelas meninas do Ateliê alguns dias antes do sorteio, a maioria feita com stencil (não, não é papel de parede) e a do “meu” quarto era num tom de amarelo-bebê com elefantinhos cinza. Apesar de serem cores que eu não escolheria para o quarto do meu filho, escolhi continuar nessa temática mais recém-nascido acrescentando, no meio, o azul escuro e aguns elementos infantis.

Quem é mãe de uma criança com mais de 2 anos sabe que o quarto do bebê dura muito pouco, né? Resolvi investir em um ambiente que fosse funcional para os primeiros anos de vida desse menino imaginário, mas com espaço para todas as coisas necessárias para um bebê. Já que é pra brincar de casinha, vamo fazer o negócio de verdade, né?

Escolhi uma cômoda branca super linda para ser, também, o móvel trocador do bebê. As gavetas podem abrigar todas as roupinhas enquanto a parte de cima ganharam o acolchoado com o kit higiente do lado. E claro que eu botei a mão na massa pra fazer esse kit, né? Tanto a bandejinha, como as caixinhas, são do Ateliê Craft. Eu pintei, cobri com papel de scrap e completei com uma fitinha em volta. Depois, mais papel em um tom de amarelo com as iniciais do meu bebê em cada uma das caixas. Um pouco acima, tem o porta fraldas (sim, claro que eu coloquei as fraldas dentro!), que segue o tema de elefantinho da parede.

No grande armário azul, despus de alguns brinquedos, desde aqueles que a gente usa “pra enfeitar”, até aqueles que são pra brincar mesmo. Sempre que vejo revistas e blogs com quartos maravilhosos de criança, bem arrumadinhos e sem bagunça de brinquedo, penso que aquilo é só pra foto mesmo e depois vira um verdadeiro caos. Quarto de verdade, de criança de verdade, tem brinquedo de verdade. Concordam? Ainda dei um charminho com o cordão luminoso de bolas, que, pra quem perguntou, eu comprei nesse site aqui. Ao lado da cômoda, um pequeno guarda roupa branquinho, bem clean, que ganhou lindos cavalinhos bem retrô (também do Ateliê, claro). Gamei, também, num movelzinho de colocar na quina das paredes, com mais dois que podem ficar escondidos, espalhados ou usados em escadinha. O abajur de elefante também foi feito por muá, hein?!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Os outros ambientes ficaram de cair o queixo de tão lindos! Sério, tô a fim de pagar um aluguelzinho às meninas e ir morar lá na loja, de tanto que amei. Confesso que tenho dois preferidos, mas como tô muito de olho no prêmio, tenho que votar em mim mesma e ainda pedir a vocês também, né? Me ajudem com a reforma do MEU quarto, que parou por falta de verba rsrs. E vamos olhar os ambientes das meninas, também?

Bebê Menina

Jacque fez o “quarto bebê menina”

Romântico

Duda ficou com “romântico” liiiindo!

Rustico

Penha fez essa sala no tema “rústico”.

Shabby

Lenyssa usou o “shabby chic” nesse home office MARAVILHINDO!

image

Débora mandou bem no “retrô” que eu tava desejando.

Agora corre lá no blog do Ateliê Craft e clica no meu ambiente pra ganhar o concurso, ta? Prometo abraços e sorrisos como agradecimento (e muita foto da decoração do meu quarto depois).