50 Tons de Cinza na Parede

Essa semana voltamos ao processo de “separação” meu e de Laura, ou seja, de volta a pensar em tintas, móveis e decoração de dois quartos. Vai ser cada um no seu quadrado! E eu tinha absoluta certeza que queria quarto todo branquinho, com exceção da parede adesivada de tijolo aparente, que eu, agoniada, adesivei sem nem mesmo a parede estar lixada. Mas eis que há dois dias eu sonhei com uma danada de uma parede grafite e acordei com aquele faniquito!

Depoois de de uma rápida pesquisa no Pinterest, achei lindas inspirações que me fizeram decidir mesmo pelo acinzentado. Achei desde quartos mais clean até uns mais retrôs, mas o que me chamou atenção mesmo foram os quartos infanto-juvenis. Quase quis jogar um cinza no quarto de Laura também, mas resolvi guardar essa ideia pra o(a) próximo(a) filho(a) que tiver! E eis que divido aqui esses ambientes maravilhindos com 50 tons de cinza, rosa, verde e azul.

image image image image

Decoração em Série: Unbreakable Kimmy Schmidt

Há pouco mais de um mês a Netflix lançou mais uma de suas séries exclusivas, com criação de Tina Fey, que eu a-do-ro, e Robert Carlock. Em Unbreakable Kimmy Schmidt a protagonista – Kimmy, claro – é lançada ao mundo atual depois de ter sido mantida refém por 15 anos por um líder religioso que convenceu a ela e mais três mulheres de que o mundo teria acabado e eles eram os últimos sobreviventes. Depois de uma entrevista para um programa de um canal de NY, Kimmy decide que não vai voltar para a sua cidade natal e resolve tentar a vida na cidade grande.

Já no seu primeiro dia, Kimmy consegue um emprego como babá na casa da milionária Jacqueline Voorhees (Jena Krakowski) e um um apartamento na “parte pobre” de Nova York dividido com Titus ( Tituss Burgess). A série tem um enredo que poderia ir pelo lado tenso, mas com o dedo de Tina Fey, ela segue com um humor leve e, muitas vezes, bem sem noção, mas que a gente não questiona porque a série é ótima. A trama tende a se passar, em sua maior parte, divida entre dois ambientes dos quais eu caí de amores.

O apartamento de Kimmy e Titus é totalmente kitsch, o que combina totalmente com a personalidade dos dois. Nele você encontra vários itens que, com certeza, você já viu na casa da sua avó há uns 15, 20 anos. Tons de verde e roxo são vistos nas paredes e nos móveis, com cortinas brilhosas, estantes modulares e ilustrações lindas espalhadas pelos cômodos. Não sei se conseguiria morar nele, mas não tenho vontade de mudar absolutamente nada lá. De tudo, o que mais gostei foi o sofá e a parede de tijolo aparente azul da cozinha.

Já a casa da Ms. Voorhees é chique e moderno. Dá pra ver que é uma casa totalmente planejada e decorada a dedo. Cada espaço dela foi pensado e aproveitado e é até difícil escolher qual o seu cômodo preferido. A cozinha é o sonho de qualquer pessoa que gosta de cozinhar – e de comer -, com direito a portas de vidro que dão direto para um espaço externo que eu já me imagino morando lá e dando festinhas. Por mais difícil que seja, o meu cantinho preferido é uma mesa acoplada à escada, com sofá integrado e cadeiras com pés palito, que além de lindo, parece bem íntimo.

Pra quem ainda não viu a série e não lembrou de nenhum dos itens que eu falei, selecionei um monte de foto desses ambientes pra vocês babarem junto comigo. De já, fica a dica pra assistir a série, que lançou os 13 episódios da 1ª temporada de uma vez, então você não tem que ficar esperando uma semana pra ver o próximo.

Cadeira Cortina Cozinha Kimmy DIY Parede Quarto Kimmy Sala Sofá Aparador Tijolo aparente azul

Bancada cozinha Escada Cozinha cozinha vidros Biblioteca